Vida no exterior: saiba como o apostilamento de Haia pode te ajudar

7 de fevereiro de 2020
O Viajante

O apostilamento de Haia pode ser de grande utilidade para brasileiros que pretendem viver ou vivem no exterior. Se você é uma dessas pessoas e não sabe o que é essa apostila, então esse conteúdo foi feito para você!

De fato, por meio desse certificado, qualquer brasileiro que pretenda morar fora do país pode ter seus documentos reconhecidos, sem a necessidade de expedir outros.

apostilamento_de_Haia

Com o intuito de falar mais sobre o assunto, explicamos o que é a apostila de Haia e como ela pode ajudar os cidadãos brasileiros que pretendem viver em outras partes do mundo. Aproveite a leitura!

Mas, afinal, o que é o apostilamento de Haia? Para que serve?

Antes de qualquer coisa, devemos explicar no que consiste esse apostilamento. Podemos explicá-lo como sendo um tratado internacional, visando o reconhecimento mútuo de diversos tipos de documentos em vários países.

Entre esses países, podemos citar África do Sul, Alemanha, Argentina, Bélgica, Colômbia, Dinamarca, Itália, Índia, Japão, Brasil e muitos outros. Ao todo, são 112 países signatários.

É importante ressaltar que as regras da convenção se aplicam apenas nos casos em que o país no qual foram emitidos os documentos e aquele em que eles serão utilizados sejam ambos participantes do tratado.

Mas qual a finalidade da apostila de Haia? Em última instância, os objetivos dessa convenção é dar fim à necessidade de legalização dos cidadãos estrangeiros e facilitar o uso da documentação nos países de chegada.

Dito de outro modo, trata-se de uma forma de desburocratizar o reconhecimento de documentos de pessoas pelas várias nações que integram o tratado.

A seguir, mostramos como esse tratado pode ajudar você em sua vivência no exterior, seja para um intercâmbio, para trabalhar ou mesmo morar.

Fazendo uma apostila de Haia para ter seus documentos reconhecidos

Já mencionamos no tópico anterior que é essa a primeira vantagem desse certificado.

Isso mesmo! Você não precisará tirar uma série de documentos para ter sua situação devidamente regularizada no exterior.

De fato, com a apostila, você poderá utilizar muitos dos documentos expedidos no Brasil também no país para o qual pretende ir, desde que este tenha aderido ao tratado.

Mas qual classe de documentos pode ser apostilados? A convenção é aplicada à categoria dos documentos públicos, o que permite uma maior abrangência.

De fato, em tese, pode ser apostilado qualquer documento emitido por órgão ou qualquer autoridade com capacidade oficial.

Entre esses documentos, podemos mencionar os pessoais (como a carteira de identidade), as certidões negativas, os diplomas universitários, os contratos e as declarações.

Obtendo a cidadania com a apostila de Haia

Para os brasileiros que pretendem mudar de país e adquirir uma nova cidadania o apostilamento de Haia é fundamental.

Isso porque é um procedimento comum, em quase todos os países, a apresentação de uma série de documentos oficiais expedidos pela parte interessada em seu país de origem.

Contudo, a apresentação de todos esses documentos à autoridade competente do país de destino somente terá validade caso tenha sido feito o apostilamento de cada um dos documentos exigidos.

Ainda que a Convenção não tenha propiciado a redução do tempo de espera do resultado da solicitação de cidadania, ela tornou o processo de legalização dos documentos necessários a essa solicitação muito mais simples.

Estudando no exterior com a apostila de Haia

A Convenção que deu origem a esse certificado também facilitou muito a vida dos brasileiros que desejam estudar no exterior.

Com a possibilidade de apostilar também diplomas de graduação, é possível aos estudantes fazer estudos de pós-graduação no exterior.

Da mesma forma, esses certificados e diplomas adquiridos fora do país podem ser apostilados na nação onde foram feitos e serem reconhecidos em solo brasileiro.

Apostila de Haia: menos burocracia e mais facilidade para quem vive no exterior

Assim, podemos concluir que essa Convenção possibilitou a todos os brasileiros e demais cidadãos dos países signatários mais comodidade no que diz respeito à regularização da situação nos países de destino.

Ademais, o apostilamento de Haia é fundamental para quem deseja obter cidadania estrangeira, estudar no exterior ou, mesmo, casar em outro país.E você, o que acha da possibilidade de não ter que passar por todo o trâmite da legalização de um estrangeiro em outras nações? Comente!