Como fazer um roteiro de viagem

10 de janeiro de 2020
O Viajante

Não importa se você é marinheiro de primeira viagem ou se é do tipo de turista que faz muitas ou poucas viagens ao ano, se costuma viajar a trabalho ou a passeio, porém montar um roteiro de viagem sempre será o ponto inicial  para sua nova aventura.

Muita gente tem dificuldade em montar roteiros de viagens, pois na maioria das vezes não sabe por onde começar ou o que incluir. Mas todos sabem que para um bom roteiro de viagem, o ponto fundamental é a pesquisa.

Por que um roteiro de viagem é tão importante?

Muitas pessoas podem achar que roteiros de viagens engessam a viagem ou limitam, de uma certa forma, a aventura. Além de dar a sensação de que não se está de férias, porque precisa cumprir horários e rotas.

Nesse post você entenderá a importância do roteiro de viagem e como ele pode organizar a sua viagem, a tornando mais prazerosa, economizando tempo e dinheiro.

Você também terá uma ideia de como escolher seu destino, o que pesquisar para a sua viagem e como fazer o roteiro de viagem ideal para seu perfil.

Como iniciar a planejar sua viagem

Seguindo o passo a passo, abaixo, você verá como é simples, além de te tirar de algumas furadas.

  1. Quanto tempo você tem?

A primeira coisa a se ter em mente, para escolher o seu destino, é quantos dias disponíveis você terá para sua viagem. Com essa informação você poderá traçar o tipo de viagem que irá fazer. Poucos dias sugerem algo mais próximo, dentro do seu país ou do seu continente.  Férias mais longas te deixam com um leque maior de possibilidades.

  • Qual o objetivo da Viagem?

Pode parecer simples, mas definir o seu objetivo na viagem fará com que você foque nos seus interesses e não saia por ai fazendo de tudo um pouco sem aproveitar o que é mais importante pra você.

Nesse ponto você deve identificar se a sua viagem será feita. Questões como: você viajará sozinho ou com amigos/parentes? Você prefere natureza ou megalópoles e cidades cosmopolitas? Quer se divertir em parques ou fazer uma viagem mais cultural?

Pode não parecer, mas o objetivo da viagem impactará diretamente nos pontos do seu planejamento. Desde seu orçamento, passando pelos lugares a serem visitados e até mesmo na documentação necessária.

  • Qual a melhor época para ir?

Se você não é do tipo de pessoa que pode escolher o período que quer viajar, esse item não terá muita importância para a elaboração do seu roteiro de viagem, porém influenciará diretamente na escolha do local. Por exemplo: Você não pode viajar para esquiar se no período de neve você não tem como ir.

Agora se você tem a opção de escolher quando ir, fica tudo mais fácil. Com o local em mente, você terá apenas que verificar qual o melhor período para que você aproveite tudo que tem em mente para aquela viagem.

Não esqueça de sempre verificar os calendários dos locais que você pretende conhecer. Com ele você poderá identificar datas como feriados locais e épocas festivas pois, nesses períodos, você acabará gastando mais do seu orçamento e do seu tempo.

Outro ponto importante é verificar se o local escolhido não possui a incidência de fenômenos naturais em um certo período de tempo, como por exemplo épocas propícias a furacões, chuvas muito forte, dentre outros.

  • Qual o orçamento de viagem?

Talvez esse seja o ponto mais importante para elaborar seu roteiro de viagem. Ter um planejamento orçamentário para a viagem ajudará você a escolher o que pode ou não ser feito durante o seu passeio. Nele você deverá incluir valores com hospedagem, passeios, transporte, alimentação, etc.

Se você irá fazer uma viagem internacional, não esqueça de levar em conta os gastos com documentações (se necessárias) bem como o valor da moeda local.

  • Qual documentação é necessária?

A documentação a ser levada para sua viagem é de extrema importância. E quando falamos em documentação não estamos falando, necessariamente de vistos e passaportes. Para uma viagem internacional, fora do MERCOSUL, por exemplo, você precisará do seu passaporte, mas nem sempre de um visto. Portanto, verifique com antecedência o que é necessário para entrar no país que você deseja visitar para evitar que a viagem acabe no aeroporto.

Outro documento importante a ser verificado é seu o país de destino tem alguma exigência específica, como um certificado internacional de vacinação, por exemplo.

E além das documentações obrigatórias é sempre bom procurar fazer um seguro viagem para evitar contratempos. Dependendo do destino o seguro viagem pode ser  obrigatório para entrada e permanência. Como a Europa, por exemplo, que ainda limita em um valor mínimo esse seguro.

Como fazer um roteiro de viagem

Você precisa ter em mente 3 pontos:

  • Não transforme sua viagem em uma maratona. Não sobrecarregue o seu dia com atrações e passeios. Deixar de visitar alguns pontos pode ser a desculpa perfeita para retornar ao local;
  • Deixe um dia livre no seu roteiro de viagem. Seja para passear sem rumo e a vontade, seja para conhecer algum local novo que você só teve conhecimento quando chegou ao seu destino.
  • Os dias de deslocamento, em sua maioria, devem ser considerados como dias sem atividades, com exceção de viagens próximas com deslocamento rápido;

Após passada a etapa de planejamento da viagem, com o destino escolhido, orçamento traçado e período de estadia, chegou a hora de começar a montar seu roteiro de viagem.

  • A pesquisa será sua melhor amiga – Pesquise tudo o que você puder e mais um pouco. As mídias sociais são ótimas aliadas nesse momento. Procure o seu destino em blogs, youtube, instagram, e descubra tudo sobre o lugar que você quer conhecer.
  • Escolhendo os lugares a serem visitados – Esse é o momento que você irá fazer uma pesquisa mais aprofundada sobre tudo que você já descobriu sobre o seu destino e irá identificar os seus pontos de interesse. O que você quer fazer e o que se enquadrará dentro do perfil do seu planejamento. Uma boa dica é você dividir os locais de interesse em: locais que você não pode deixar de conhecer e locais que podem ficar para uma outra viagem
  • Planejamento diário – Agora chegou a hora de colocar no papel os passeios escolhidos e planejar o tempo gasto com todos eles. Provavelmente você perceberá que não será viável fazer tudo aquilo que planejou no dia, isso é o que mais acontece, principalmente quando você tem pouco tempo e quer conhecer o máximo de coisas que puder. Nesse caso, você terá que recorrer para a listinha de preciso conhecer e próxima viagem.

Uma boa forma de tentar diminuir o tempo com deslocamentos entre uma atração e outra é utilizar o google maps e, através dele, selecionar os dias por regiões. Ou seja, localizar no mapa os passeios próximos e tentar agrupá-los, todos no mesmo dia. Mas não se esqueça de observar a média de tempo gasto em cada passeio. Você precisará avaliar se o local é muito cheio, se as filas são muito grandes, etc.

Tudo isso ajudará você a otimizar seu tempo e, com isso, programar o seu dia de acordo com o seu ritmo ou do seu grupo.

  • Hospedagem – Com o roteiro de viagem pronto, separado por dias e locais/cidades a serem visitados, chegou a hora de reservar a sua hospedagem. A escolha do local vai depender do perfil de cada viajante. Pode variar de acordo com seu orçamento ou com o seu estilo ou até mesmo de acordo com o número de pessoas que estão viajando. Mas também podemos tentar resumir a escolha da hospedagem da seguinte forma: localização, conforto ou preço. Feito isso, utilize as ferramentas de pesquisa de preços de hospedagens para escolher o seu ideal e garantir a sua estadia e não correr o risco de chegar no local e não ter onde ficar ou precisar ficar num local distante que atrapalhará todo o seu planejamento.

Não deixe de aproveitar muitas outras dicas em nosso blog, com roteiros de viagem, dicas e muitas informações para sua viagem.