Culinária do Sul do Brasil

4 de janeiro de 2020
O Viajante

A culinária do Sul do Brasil é bem exótica, mas isso não quer dizer que não seja uma delicia, deixamos aqui um artigo bem completo sobre a gastronomia regional.

A região Sul do Brasil, dividida em três estados, possui além de um clima mais ameno que dos outros estados brasileiros, possui uma culinária própria, baseada em combinações com vinhos, uvas e até mesmo pela influência europeia.

Do Paraná, passando por Santa Catarina, até chegar ao Rio Grande do Sul é possível ver desde a culinária com influência também do Uruguai, Paraguai e Argentina, pela suas fronteiras com estes países.

Culinária do Sul do Brasil famosa

Quando chegamos ao Sul do país, já imaginamos as temperaturas mais frias, propícias para passeios e um bom almoço. E por isso vamos listar onde e como comer muito bem na região sulista do Brasil:

Tradicionais churrascarias

Uma das principais delícias do Sul do Brasil é indiscutivelmente o bom churrasco gaúcho. É tão tradicional que há inúmeras churrascarias espalhadas por cada esquina de seus estados e cidades. No século XVIII, o churrasco era feito sobre o fogo do chão, dando nome a uma das casas de carne mais famosa do Brasil, inclusive com expansão internacional. Uma das especialidades é a costela e o boi do rolete.

Casas de galetos e carnes na brasa

Outra especialidade do Sul do Brasil, principalmente nas serras gaúchas, são as casas de galetos e carnes na brasa, onde o visitante é servido a mesa com porções de diversos acompanhamentos como arroz, saladas, como a radicci com bacon, polenta frita, além de massas variadas com seus molhos que são apreciados no formato de rodízio. Há inúmeros restaurantes famosos como a Casa Di Paolo e Restaurante Maria Valduga (localizado na Pousada do Vinhedo da Casa Valduga).

Chimarrão

Impossível ver um sulista que não tenha sua cuia e sua garrafa própria para tomar o seu chimarrão. Feito através da erva mate socada com água quente, tem sua origem em raízes indígenas. Dividida entre amigos e familiares, há aqueles que possuem os adereços até personalizados, por ser o grande símbolo do Sul do país. Há uma festa anual, que ocorre desde 1986 na cidade de Venâncio Aires no Rio Grande do Sul chamada de Feira Nacional do Chimarrão, para celebrar esta famosa cultura.

Culinária tradicional

Porém, não é apenas de famosos restaurantes que vivem os sulistas brasileiros, há também diversos pratos da culinária tradicional do Sul do país.

  • Arroz Carreteiro: O famoso arroz carreteiro, tradicional da época dos mercadores que transportavam cargas pela região de carretas, com isso, devido as longas viagens, o prato ideal era arroz com carne de charque para que os carreteiros pudessem se alimentar e assim dando origem ao nome;
  • Paçoca de Pinhão com Carne Assada: Mais famoso nos meses mais frios, o pinhão é um produto muito utilizado para incrementar os pratos dos sulistas mais tradicionais. O prato tem origem indígena, que o faziam para ter mais energia para as longas trilhas.
  • Tainha: Frutos do mar também é facilmente encontrado no Sul do Brasil, principalmente na lindas praias de Santa Catarina, onde a tainha é um dos grandes símbolos catarinense. Trata-se de um peixe de água salgada muito saboroso e pode ser encontrado nos restaurantes mais famosos na forma frita ou assado em churrasqueira.
  • Sagu com creme: Uma das sobremesas mais famosas dos gaúchos, principalmente para ser servido após o churrasco. É encontrado na maioria das casas das famílias com a receita sendo passada de geração em geração, como nos restaurantes. Sua versão pode ser quente ou fria.

Vinhedos – A Rota do Vinho

culinaria-do-sul-do-brasil
Culinária do Sul do Brasil

E por fim, um dos destinos mais famosos do Sul do Brasil, pela sua gastronomia acompanhada de um bom vinho, os vinhedos da serra gaúcha, onde é possível encontrar as principais vinícolas do país, produzindo e exportando os seus mais premiados vinhos.

A Rota do Vinho é realizada no Vale dos Vinhedos localizado no interior do Rio Grande do Sul, nas cidades de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul.

O clima frio destas cidades permitiu que os imigrantes italianos se estabelecessem nestas regiões e criando suas próprias plantações de uvas e produção de vinho de forma artesanal, deixando uma grande herança para os moradores e produtores locais de hoje.

Ainda é possível encontrar nestas regiões, deliciosos acompanhamentos e uma gastronomia para se harmonizar com cada tipo de vinho produzido.

  • Salames de javali e embutidos artesanais são facilmente encontrados nestas regiões;
  • Diversos tipos de queijo;
  • Cantinas italianas tradicionais e que conservam até hoje a herança dos imigrantes que vieram da Itália

Os famosos vinhedos, além de possuírem pousadas e restaurantes, apresentam a seus visitantes diversas oportunidades de degustar e comprar seus vinhos, assim como demonstrar em tour guiado toda a produção do vinho.

As vinícolas mais famosas do Sul do país são:

  • Casa Valduga: Produz vinhos e espumantes premiados internacionalmente. Possui uma pousada própria, onde os hóspedes podem desfrutar de cursos rápidos de vinhos;
  • Larentis: Vinícola familiar, onde a apresentação da produção é feita por um enólogo da casa;
  • Miolo: Uma das mais famosas do país, tem um luxuoso resort em seu interior, o Hotel e Spa do Vinho Caudalie, além de excelentes restaurantes e uma escola do vinho. Possui um famoso piquenique em seu jardim, o Wine Garden, onde é possível pedir uma das suas famosas garrafas do Lote 43, premiado vinho da Miolo;
  • Chandon: O famoso produtor de champagnes se estabeleceu no Sul do país, onde encontrou um clima muito favorável para sua produção de uvas. É possível fazer um tour guiado e ver como os espumantes são produzidos.
  • Salton: Considerado o maior complexo de vinícolas da América, a Salton tem vinhos e espumantes premiados, além de uma das visitas guiadas mais bonitas da Rota do Vinho.

Além dos vinhedos, nesta região também há um circuito gastronômico, chamado de Rota das Cantinas, onde através de um tour guiado, é possível durante um dia visitar diversas cantinas tradicionais italianas e provar sua culinária que vai de massas a pizzas.

É possível ver que a culinária do Sul do Brasil vai da carne ao frutos do mar na mesma categoria e oferecendo o que tem de mais delicioso. O povo sulista tem um calorosa recepção aos seus visitantes e os recebem sempre com bastante comida a mesa, seja da forma mais rústica ao mais luxuoso. O importante é aproveitar o bom churrasco e compartilhar um chimarrão em agradecimento.