culinaria-europeia

Culinária Europeia | O que você não pode deixar de Comer!

Culinária Europeia é vasta, saiba o que provar, como é composta e todas as dicas quentes para 2020.

A Europa é composta de 47 países, sendo a Rússia o maior deles e o Vaticano o menor, onde durante o ano recebe milhões de turistas para visitar suas diversas culturas, divertimento e gastronomia.

Provar da gastronomia local fará o turista conhecer ainda mais a cultura do país visitado e o melhor, geralmente, a gastronomia europeia, além de saborosa, também é barata.

Assim, vamos listar as comidas mais famosas, e dar dicas e informações sobre culinária europeia, que você não pode deixar de aproveitar.

Informações sobre a culinária europeia:

culinaria-europeia
culinária europeia

Culinária Alemanha:

Conhecida pela comida pesada, a Alemanha adora preservar sua gastronomia. A prova disso é que se trata do segundo país com mais restaurantes na Europa, perdendo apenas para a França. O alemão aprecia uma boa caneca de cerveja, além das carnes, porcos e frango, porém o mais tradicional é a salsicha, com mais de 1.500 tipos do país, servidas da mais variada forma.

Culinária Espanhola

A culinária espanhola agrega alimentos de distintos povos, por ser uma nação que se esforça para preservar suas tradições, tem preferência por pratos de séculos atrás. Entre os ingredientes mais utilizados na preparação das comidas típicas espanholas estão azeite, alho, queijos, peixes, frutos do mar e salsichas. Possui em suas cidades, diversos mercado que são verdadeiros espaços de boas gastronomia, onde pode ser feita uma bela refeição.

Culinária Francesa

Possuindo uma das culinárias mais famosas e apreciadas da Europa, a França é conhecida pelos seus saborosos queijos e deliciosos vinhos. Em 2010 a gastronomia francesa foi considerada, pela UNESCO, um “Patrimônio Cultural Imaterial do Mundo”, dada a importância dos seus pratos.

Suas receitas levam carne e temperos fortes e afrodisíacos. Os franceses comem coelho, porco, carneiro, frango, vaca e até mesmo sapo e são servidos nos milhares de restaurantes que se estabelecem no país. Normalmente seus pratos típicos vêm acompanhados de um bom vinho.

Culinária Inglesa

Os ingleses adoram pão, queijo, batatas e peixes. Durante a tarde tomam seu tradicional chá, que normalmente é acompanhado por scones, uma típica bolacha britânica. Em ocasiões especiais, adoram um assado de carne vermelha ou frango. Há muitos pratos tradicionais e famosos, resguardando sua origem real, dos pratos típicos litorâneos.

Culinária Irlandesa

A culinária da Irlanda pode ser dividida em dois grandes grupos: tradicional e moderna. A primeira possui pratos simples e populares, com sabores intensos e marcantes. A segunda, mais voltada ao turismo, compõe-se de pratos refinados e com ingredientes sofisticados. Outra paixão é a cerveja Guiness, considerada um patrimônio nacional. Mesmo aqueles que não apreciam a bebida, a experimentam em viagem a este país.

Culinária Italiana

A culinária da Itália é, sem sombra de dúvidas, uma das mais famosas e apreciadas do mundo. Massas, molhos, assados, enfim, o italiano come “tutto che fa bene”, como dizem. Devido às muitas adversidades que o enfrentou, tiveram que emigrar para muitos países nos últimos séculos, inclusive o Brasil. Seu modo de vida, incluindo o de comer, teve uma influência praticamente no mundo todo. Pizzas, massas, queijos, embutidos, frutos do mar, sorvetes e vinhos, muitos vinhos, fazem parte de todo o charme e sabor que a Itália pode oferecer.

Culinária Portuguesa

Portugal tem uma experiência gastronômica de mais de 10 séculos. O modo de comer do português também influenciou diversos continentes, desde seu período imperial. Os pratos portugueses são preparados com alimentos e especiarias de sabores fortes. A população do país adora peixes e frutos do mar, como é o famoso bacalhau. Mas há outra paixão nacional, os doces.

Culinária Europeia famosa

  • Crepe francês: Principal comida de rua na França, o crepe é vendido em barracas em toda a cidade. De massa fina, leve e crocante, o recheio doce deixa o sabor incrível;
  • Currywurst alemão: Um dos queridinhos da comida de rua da Alemanha, é a carne de porco e se assemelha com a linguiça ou salsicha. Possui um molho de ketchup com curry e geralmente é servido com batata frita;
  • Doner Kebab alemão: sanduiche de iscas de carne assada, com pão crocante cortado ao meio, cebola, tomate, pepino, repolho e bastante molho e vendido nas ruas da Alemanha em barraquinhas que estão sempre com fila;
  • Fish and Chips do Reino Unido: Iscas de peixe empanado com batatas fritas. Uma das culinárias mais famosas da Europa, o prato apesar de simples e até parecer infantil, é muito saboroso e tradicional;
  • Massas italianas: Quase que uma unanimidade, não há quem visite a Europa, mais especificamente a Itália, que não experimente uma boa massa e não se apaixone. A massa artesanal em qualquer versão, pode ser servida em qualquer molho ou qualquer acompanhamento que será sempre uma delícia;
  • Gelato italiano: O sorvete da Itália, também, é outra delícia e muito procurado, mesmo no inverno rigoroso da Europa. Feito com ingredientes frescos e totalmente natural, é mais saudável, com 70% menos de gordura que a maioria dos demais sorvetes e pode ser degustado em diversos sabores;
  • Pastel de Belém de Portugal: Também chamado de Pastel de Nata é um verdadeiro sucesso de Portugal. Feito de ovos, pode ser encontrado em qualquer esquina portuguesa.
  • Paella de Espanha: Um dos pratos mais famosos da Europa, que se expandiu para todo mundo, o arroz com açafrão e frutos do mar é encontrado em praticamente todos os restaurantes espanhóis. Servido com vinho branco, é possível se deliciar e aproveitar muito o que a culinária espanhola tem a oferecer.

Como pode ser visto, a culinária europeia pode ser aproveitada em várias versões e sabores, dependendo do país que irá se visitar, além da cultura local, que pode influenciar diretamente na gastronomia do local.

Não deixe de aproveitar muitas outras dicas em nosso blog, com roteiros, dicas e muitas informações para sua viagem.

Deixe uma resposta