Confira agora como planejar uma viagem de carro, ou não, como planejar a MELHOR viagem de carros da sua vida!

Conceitos para aprender como planejar uma viagem de carro!

Muitas pessoas adoram pegar o carro e colocar o “pé na estrada”. Além de ser uma forma independente de viajar, já que não é preciso depender dos horários fechados dos outros meios de transporte, é uma forma muito mais confortável de conhecer novos destinos.

como_planejar_uma_viagem_de_carro
como planejar uma viagem de carro

Contudo, mesmo que a viagem de carro tenha suas vantagens, é necessário se planejar antes de “cair no mundo e pegar a estrada”. Afinal, a melhor forma de aproveitar bem é ter segurança na hora de sair de casa.

Pensando nisso, separamos algumas dicas que podem te ajudar na hora de planejar uma viagem de carro.

Ficou curioso(a)? Acompanhe o nosso post de hoje.

1 – Sempre verifique a documentação

Os documentos são a parte mais importante na hora de viajar

Já pensou ser impedido de continuar a viagem por falta de regularização de CNH? Isso pode ser muito desconfortável, ainda mais quando estamos acompanhados de amigos e familiares.

Sendo assim, faça um checklist com os principais documentos:

  • RG e CPF;
  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • Documentos do carro;
  • Passaporte para viagens internacionais;
  • Permissão Internacional para Dirigir (PID).

Caso você tenha dúvidas, o ideal é procurar um despachante CNH cassada, que é um profissional especializado em obter todas as certificações referentes aos documentos, para deixar tudo em ordem para que o condutor esteja dentro das leis de trânsito.

Além disso, com o auxílio do despachante, o motorista pode verificar se toda a papelada referente ao carro está em dia. Em caso negativo, pode-se tomar as devidas providências o quanto antes.

Por exemplo, a realização do laudo pericial veicular, uma certificação que assegura o cumprimento de todas as normas exigidas pelos órgãos vigentes. 

Dessa forma, tem-se a certeza de que o automóvel está em perfeito estado, sem riscos para a saúde humana.

Ademais, existem algumas recomendações específicas, dependendo do veículo e da legislação de cada Estado ou país. Entre elas, destaca-se o chamado certificado de tacógrafo.

Esse documento é obrigatório para motoristas de caminhões, vans, ônibus e micro-ônibus, pois atesta o protocolo do Inmetro, com função de mensurar a velocidade e o trajeto percorrido, contribuindo para as fiscalizações de trânsito.

Portanto, verifique em qual modelo o seu veículo se encaixa e lembre-se de verificar toda a documentação necessária, para evitar quaisquer imprevistos.

2 – Faça uma revisão completa do veículo

Depois da documentação, outra parte fundamental para qualquer viajante de carro é a própria segurança do automóvel.

Segundo dados do Observatório Nacional de Segurança Viária, cerca de 90% dos acidentes de trânsito são causados por falhas humanas, mas isso também não significa a ausência de ocorrências por falhas mecânicas.

Ademais, vale destacar que a falta de cuidados com o carro também é uma responsabilidade dos motoristas. 

Por isso, pode-se caracterizar como falha humana a não importância quanto a revisão dos carros.

Todos os detalhes devem ser revistos: desde a troca de óleo automotivo para carros hyundai e outros veículos, até a necessidade de reparo dos pneus e trocas de demais componentes.

Além disso, algumas irregularidades mecânicas do veículo são passíveis de multa. Ou seja, há uma dupla preocupação: com a sua vida e com o seu bolso.

Portanto, se for necessário, veja todos os pormenores do carro.

Um dos componentes que mais merece atenção é o amortecedor de carros importados

O principal objetivo da peça é amenizar o impacto entre o pneu e o solo, assim é possível evitar o desgaste dos pneus, bem como melhorar a aderência do carro ao chão.

Os amortecedores devem passar por revisões periodicamente, não apenas quando você viaja com o carro. Por conta disso, tenha sempre atenção à esse item.

Também vale a pena verificar a manutenção câmbio CVT Honda Fit, pois esse modelo é carro possui um sistema muito específico, que necessita de revisão.

Assim, com a manutenção, é possível assegurar que o câmbio esteja em perfeito funcionamento, evitando desgastes e defeitos, que podem ser uma tremenda dor de cabeça para os condutores.

Por fim, se o seu carro possui algum acessório extra, também faça a revisão do item. 

Por exemplo, muitos veículos investem em vidro blindado para carros, para aumentar a segurança do motorista e dos passageiros. 

Faça a revisão do acessório, com testes de eficiência, para comprovar se o vidro realmente resiste aos impactos.

3 – Tenha um kit de primeiros socorros no veículo

Não é possível prever os acidentes. E, por mais que a gente queira que eles não ocorram, é melhor estar prevenido caso alguma coisa aconteça.

Para isso, é recomendável contar com um kit de primeiros socorros dentro do carro. 

Além de acessórios básicos, como solução tópica e curativos, também é interessante levar remédios do dia a dia (medicamentos para enjoo, dor de cabeça, dores musculares e febre).

Se for possível, coloque dentro do kit algumas informações básicas sobre os viajantes, como número do cartão do plano de saúde, tipo sanguíneo, alergia a algum medicamento ou alimento, entre outros dados que são importantes na hora do atendimento à saúde.

4 – Estude o trajeto de viagem e leve um GPS

Ficar perdido pode trazer muita confusão em uma viagem. Além da demora para chegar no destino, você pode acabar em lugares desconhecidos e muitas vezes perigosos.

Por isso, antes de sair de casa, estude o trajeto da viagem, verificando quais são as principais estradas e qual é o melhor caminho para chegar ao seu destino.

Hoje em dia, é possível contar com o auxílio dos GPS e outros aplicativos que indicam o caminho, avisam sobre radares, limites de velocidade e até sobre as condições de trânsito.

Mas, contar só com a ajuda da tecnologia não é o ideal.

Como dissemos, imprevistos acontecem. Você pode ficar sem conexão com a internet, não ter rede de celular disponível e perder o sinal do GPS.

Aí é o momento de contar com o bom e velho mapa.

5 – Faça uma lista com as coisas essenciais

Imagina percorrer uma longa distância e ao chegar lá descobrir que esqueceu todas as suas roupas em casa? Isso pode ser muito chato e uma tremenda dor de cabeça.

Por esse motivo, antes de sair de casa, elabore uma lista com as coisas que não podem faltar na sua viagem de carro.

Lembre-se de colocar também os acessórios que te ajudam durante a viagem, como as garrafas d’água, dinheiro para os pedágios, carregadores de celulares e aparelhos eletrônicos, até mesmo aquele pen drive com uma boa playlist.

6 – Pare em locais seguros

As paradas também são parte do trajeto de viagem. Afinal, não dá para ficar horas dirigindo, sem dar aquela paradinha para esticar as pernas, ou usar o banheiro, não é mesmo?

Acontece que nem todos os lugares são confortáveis (ou seguros) para parar. Em algumas estradas, especialmente as mais afastadas dos centros urbanos, os pontos de parada podem ser bem perigosos e você se torna um alvo fácil, como viajante.

Sendo assim, ao fazer aquela pesquisa prévia sobre a estrada e o local de destino, dê uma olhadinha em quais postos de combustíveis são mais confiáveis e se há local de parada durante o trajeto.

Se você pretende viajar à noite, esses cuidados devem ser redobrados.

7 – Tenha cuidado com a alimentação

Essa dica é especial para todos os viajantes, não somente os que vão de carro. A diferença maior é o motorista, que irá passar horas dirigindo, portanto, deve ter uma atenção maior.

Antes de cair na estrada, tenha uma alimentação leve, evitando a ingestão de alimentos extremamente gordurosos e pesados. 

Eles podem causar desconforto estomacal, problemas de digestão, ou uma diarreia. E se você estiver em uma estrada com poucos pontos de parada, isso pode ser muito desconfortável.

Mas, passar fome também não vale. Aliás, ficar com fome pode ser muito ruim para o motorista, que pode acabar sofrendo com dores de cabeça e estresse.

Por isso, tenha sempre em mãos alguns alimentos fáceis e leves, como frutas, barras de cereal, lanches rápidos e bolachas. Eles podem te ajudar muito na hora da fome.

Além disso, tenha cuidado com a sua hidratação. Leve sempre garrafas de água com você durante a viagem. Só atenção para não exagerar na dose e ter que parar para ir ao banheiro a todo momento.

8 – Tenha uma boa noite de descanso

O motorista precisa estar descansado para começar uma viagem. O sono é um grande inimigo dos condutores e pode ser o grande responsável pela ocorrência de acidentes.

Por isso, se você vai viajar, tire umas boas horas para dormir, descansar e esticar o corpo.

Planeje tudo com antecedência, para que você não tenha que sair às pressas e esqueça de tirar essas horinhas para você.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Aprendeu como planejar uma viagem de carro?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui