Cidade de Veneza [Dicas preciosas VIAJANTES]

cidade-de-veneza-passeio-de-gondola

Aqui tudo sobre a cidade de veneza, conhecida como a cidade mais romântico da Itália, Veneza faz parte do pacote de quem viaja pela Europa.

Localizada no nordeste da Itália, Veneza liga pequenas ilhas separadas por canais e ligadas por pontes. Uma parte da cidade de veneza está listada como um patrimônio mundial, juntamente com sua lagoa.

cidade-de-veneza

A cidade de veneza

Sobre a cidade de veneza, ela é um conjunto de 124 ilhotas que começaram a ser populadas e anexadas umas às outras a partir do século VII.

cidade-de-veneza

Cada pedacinho da cidade de veneza possuía geralmente uma igreja, um campo (a praça) e um poço, e eram as pontes que interligavam uma parte à outra.

Diferente do que muita gente pensa, Veneza não é mar e sim uma lagoa separada do mar por pequenas porções de terra.

A cidade surgiu durante as invasões bárbaras durante o século V e VI, quando habitantes de povoados do Vêneto e de regiões vizinhas eram forçados a fugir para onde desse, inclusive para essas pequenas ilhas.

Novas comunidades insulares foram se formando, e por volta do século X Veneza já era uma força comercial que se espalhara pelo Mediterrâneo, conquistando territórios que se estenderam até a Grécia.

Confira também: Pontos Turísticos em NY

Tal poder propiciou também o desenvolvimento cultural e arquitetônico da cidade, que se transformaria em perfeito museu ao ar livre, romântico em um nível quase inimaginável e que atrai a visita de multidões de turistas a cada ano. Sua construção

Para construir as casas e palácios, os venezianos fincavam troncos de madeira nos pequenos pedaços de terra para que eles ficassem bem sólidos.

Em contato com a água salgada e o “caranto”, mistura de areia e argila das camadas mais fundas da lagoa, os troncos ficavam duros como pedra.

A partir daí os construtores colocavam duas camadas de placas de madeira e uma camada de blocos de pedras e tijolos sigilados posteriormente com grandes blocos de pedra de Istria, uma espécie de mármore muito resistente à água salgada e à umidade.

Divisão Territorial da cidade de veneza

A parte principal de Veneza é dividida em seis bairros, também chamados de sestieri: San Marco, San Polo, Cannaregio, Castello, Dorsoduro e Santa Croce.

Dentro desses bairros é possível chegar caminhando aos principais pontos turísticos, com exceção da Ilha Giudecca que faz parte do bairro de Dorsoduro.

Por ser totalmente cortada por rios ela criou uma identidade própria e virou um dos destinos mais visitados do mundo. Há épocas, e não são poucas, que circular pelas ruas de Veneza é como ir às compras na 25 de Março, em São Paulo, capital paulista, em épocas de Natal.

O passeio de Gôndola em veneza

cidade-de-veneza

O passeio de gôndola é, sem dúvida, o mais legal de Veneza, além do fato de que ele não pode ficar de fora da lista de ninguém.

Além de ser o passeio mais tradicional da cidade e ser muito romântico você acaba conhecendo os principais pontos de Veneza em um barco bem confortável.

Ponte di Rialto de Veneza

cidade-de-veneza

A Ponte di Rialto de Veneza é um dos pontos turísticos mais bonitos da cidade.

Essa ponte serviu para cruzar o Grande Canal e acabou virando um pequeno centro de compras, pois tem diversas lojas e barracas ao seu redor.

Por ser a mais velha ponte construída para cruzar o Grande Canal e por manter uma arquitetura histórica italiana ela é um símbolo da cidade e um dos lugares mais visitados pelos viajantes que vão para a Itália.

No seu início a ponte foi construída toda em madeira e com o tempo foi reconstruída em pedra, mas mantendo o seu estilo e arquitetura inicial.

Ponte dos Suspiros

cidade-de-veneza

Outra ponte famosa da cidade é a dos Suspiros, que liga o Palazzo Ducale ao prédio onde funcionava a antiga prisão de Veneza.

Por mais que seja uma ponte linda e que conquista turistas no primeiro olhar a Ponte dos Suspiros tem esse nome por causa de prisioneiros.

Segundo a lenda eles suspiravam ao passarem por ali, vendo o mundo pela última vez.

Praça e Basílica de São Marcos de Veneza

A Praça de São Marcos, conhecida como Piazza San Marco, é uma das praças mais bonitas de Veneza e da Itália. Este é um lugar incrível que enche os olhos de todos os turistas que passam por lá.

A Praça e Basílica de São Marcos de Veneza é formada por construções históricas como a Basílica de São Marco, o Palazzo Ducale, a Torre do Relógio e a Campinale, que é a torre que tem os sinos da basílica.

A Praça São Marcos era o centro do poder público e político da cidade. Com seus cafés históricos e edifícios monumentais é o cartão postal mais famoso de Veneza.

Torre Veneziana ou Campanário de São Marcos

cidade-de-veneza

O Campanário de São Marcos, mais conhecido como Torre Veneziana, é uma torre enorme que fica na Piazza San Marco.

A Torre de Veneza atrai milhares de turistas que vão para a Itália por causa da sua incrível vista.

O lugar é realmente alto e é possível ver toda a cidade de Veneza, com uma vista incrível que rende fotos maravilhosas.

O legal é que a visão é 360º e se pode ver todos os ângulos de Veneza. Para subir no Campanário de São Marcos é cobrado uma taxa de 8 euros.

O terraço é pequeno e não comporta tanta gente, então pode ser que tenha um pouco de fila de espera.

San Giorgio Maggiore

cidade-de-veneza

A Igreja San Giorgio Maggiore é um projeto do famoso arquiteto italiano Andrea Palladio. Concluída em 1610 seu design é um exemplo clássico da arquitetura renascentista, com fachada de mármore e colunas simétricas altas.

Dentro a luz penetra pelas janelas, iluminando os altos arcos e o arranjo simples de lajotas de tons branco e terracota. Este é um lugar bem bonito de se conhecer e fica em uma ilha bem em frente à Praça de São Marcos.

Para chegar até lá é só pegar um Vaporetto (táxi barco). Na igreja tem uma torre bem alta que é legal de subir para ter uma vista de toda a cidade de Veneza.

O símbolo da cidade de veneza: O Leão

O Leão é o símbolo da cidade. Diz a lenda que São Marcos fez várias pregações pelo território de Veneza, antes que existisse a cidade.

E que um dia o leão fez uma aparição dizendo que o santo ali encontraria seu repouso eterno. Para quem não sabe, o corpo do santo está guardado dentro da Basílica.

Confira também: Os 10 Pontos turísticos na argentina

Culinária

A culinária em Veneza baseia-se principalmente na culinária de mar e da laguna. A abertura do comércio com o Oriente fez com que fossem adotadas também técnicas de conservação e ingredientes como temperos e especiarias.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Please enter your name here