15 CURIOSIDADES INCRÍVEIS SOBRE BELO HORIZONTE

Vamos conhecer algumas curiosidades sobre BH, a capital encantadora de Minas Gerais, que carrega em sua história muitos significados e é palco de uma cultura rica e fascinante.

Conheça os melhores bares de BH, onde tem uma culinária famosa mundialmente por seu tempero e suas tradições.

Muito além dos bares, a capital tem aspectos muito interessantes que você precisa saber…

  • Cidade projetada

Considerada a primeira capital moderna projetada, após a determinação da transferência da capital de Minas Gerais para a cidade, o engenheiro Aarão Reis, iniciou o planejamento de BH em 1894 que se concretizou em 1983.

  • Coxinha com catupiry

Quem não ama uma deliciosa coxinha com catupiry não é mesmo? A primeira coxinha com este sabor foi feita em BH pela aposentada Thereza Martins, que servia a deliciosa invenção em sua lanchonete em 1972.

  • Natureza exuberante

Belo Horizonte é a terceira cidade mais arborizada do país, ficando atrás somente de Goiânia e Campinas, segundo o censo feito em 2010.

  • Grande aquário

Sendo o maior aquário de água doce do Brasil, o aquário de Belo Horizonte possui 22 tanques com cerca de 1 milhão de litros de água e 1200 peixes de diferentes espécies. O aquário fica dentro do zoológico da cidade e foi criado em 2010.

  • Visita ao cemitério

Construído em 1897, o cemitério do Bomfim de Belo Horizonte entrou para o circuito turístico em 2013 e foi considerado um ponto turístico.

Um museu a céu aberto, o cemitério possui túmulos ornamentados, com

esculturas típicas do modernismo brasileiro. Muitos túmulos tem assinatura de

artistas famosos, que vieram de diversas partes do Brasil.

Muitas pessoas se interessam em conhecer o cemitério do Bonfim para

visitar onde estão enterrados alguns ex-presidentes e ex-governadores que

fizeram parte da história do país.

  • Do cassino a museu da Pampulha

O MAP nasceu como cassino da Pampulha, desenhado por Oscar Niemeyer,

ao redor da lagoa por volta dos anos 40 e pertence ao conjunto arquitetônico

da Pampulha.

O cassino agitou a vida noturna dos mineiros, atraindo apostadores do país

inteiro na época do seu funcionamento.  Em 1946, o general presidente Gaspar

Dutra proibiu os jogos no Brasil, fato que fez com que o cassino fosse fechado

por um período.

Em 1957 o local foi reinaugurado e passou a ser o Museu de Arte da

Pampulha, contando com belíssimos jardins, biblioteca, espetáculos e lojas.

Atualmente o acervo do MAP possui cerca de 1600 peças e recebe importantes

mostras de arte.

  • Rua do Amendoim

A rua do amendoim é uma das mais famosas de Belo Horizonte!

Muitos turistas se interessam em conhecer o mistério da ladeira que faz com

que você saia do carro, deixando o motor desligado, sem engrenar e nem

puxar o freio de mão e fiquei observando.  Você tem a impressão que o carro

está subindo a rua. Isso acontece pelos depósitos de minérios imantados,

capazes de atrair os veículos, então o efeito é uma ilusão de ótica pois a rua,

embora pareça ser aclive não é, ela é aclive, Vale a pena conferir!

  • Feira Hippie

Sendo a maior feira a céu aberto da América Latina, a feira hippie é bastante

conhecida na região e funciona todos os domingos, a partir das 7 horas da

manhã. A feira é composta por diversos produtos de ótima qualidade e tem a

participação de 2,200 artesãos de diferentes áreas e talentos.

  • Mineirão

O estádio Governador Magalhães Pinto, popularmente conhecido como

Mineirão, é considerado o 5º maior do país e já recebeu partidas super

disputadas dos melhores times de grande parte dos Estados brasileiros.

  • Nomes das ruas

As ruas de Belo Horizonte mudam de nome quando cruzam com a Avenida do

Contorno, com exceção da rua Itajubá, que se localiza na região leste da cidade.

  • Mercado Municipal

O mercado municipal de BH é uma atração e tanto para moradores e turistas,

sendo o local mais visitado da cidade. Os visitantes podem aproveitar a imensa

variedade do local que comercializa alimentos diversos, artesanatos e até

animais vivos.

  • Capital dos botecos

A capital mineira ficou conhecida pelos botecos desde as antigas escolas de

produção de destilados e a concentração de grandes produtores de cerveja

artesanal. As competições entre os botecos deram mais força ainda para a fama

de cidade que concentra o maior número de atrações para os apaixonados por

bebidas e comida de boteco.

Belo Horizonte tem computados 28 bares por quilometro quadrado, por esse

motivo é considerada a capital mundial dos botecos.

  • Publicidade na avenida do contorno

Existe uma lei na cidade, mais especificamente para a avenida do contorno,

proibindo qualquer tipo de propaganda ou Outdoor seja colocado nesta região.

  • Incentivo aos esportes

A cidade é berço do nascimento de grandes atletas como Bruno Soares e Marcelo Melo, tenistas, e do Bernard, jogador de futebol. Belo Horizonte vem ganhando história como uma cidade que incentiva os esportes e oferece espaços de treinamento para diversas modalidades.

  • Polo Tecnológico

Belo Horizonte foi escolhida pelo google para abrigar o centro de engenharia do Google na América Latina.

É uma cidade onde a inovação e as startups respiram um ar tranquilo e tem grande disputa de investidores pelas melhores ideias e projetos.

Falando em turismo, em BH tem um app de baladas ao vivo que você pode ter a experiência de ver vários restaurantes ao vivo em câmeras 360 graus.

  • Culinária

Não podemos deixar de falar da incrível culinária da capital mineira. Formada

por uma riqueza de opções, os turistas se surpreendem com a riqueza de

sabores, aromas e cores da culinária, reconhecida nacionalmente pelo sabor de

seus pratos típicos, como pão de queijo e broa de fubá, petiscos, como

torresmo, pastel de angu e mandioca, pratos principais, como frango com quiabo

e tutu mineira e sobremesas, como romeu e julieta.

Bom demais se aprofundar na cultura de uma cidade que concentra tantas

riquezas e que ainda guarda tantos mistérios.

Gostou de conhecer as curiosidades deste cantinho de Minas Gerais?

Leave a Reply