viajar_pela_America_do_Sul

Viajar pela América do Sul: dicas essenciais no planejamento

Você já pensou em viajar pela América do Sul? Com o dólar e o euro supervalorizados, viajar para os EUA e para a Europa se tornou praticamente inviável.

No entanto, nós temos muitos destinos maravilhosos aqui perto do nosso país. Nossos vizinhos contam com cultura riquíssima, um espetáculo natural, centenas de atividades divertidas, uma gastronomia incrível… enfim, até faltam elogios para a experiência de viajar pela América do Sul.

Confira também: Seguro de Viagem internacional – Saiba Agora Sobre

Se você cogita essa hipótese para as suas férias, que tal começar a se planejar agora mesmo? Veja como com as nossas dicas abaixo!

viajar_pela_America_do_Sul

Aprenda espanhol para viajar pela América do Sul

A América do Sul é formada por 12 países diferentes. Desses, 8 falam espanhol e somente 4 têm outros idiomas como os oficiais (são o português no Brasil, o inglês na Guiana, o francês na Guiana Francesa e o neerlandês no Suriname). Claro, ainda existem centenas de línguas indígenas pelos muitos povos do continente. No entanto, o espanhol é a linha mais falada do seu destino turístico. Por isso, vale a pena aprender a falá-lo para se comunicar na viagem.

É verdade também que muitas pessoas falam inglês na América do Sul, especialmente na Argentina e Chile e em lugares muito turísticos. No entanto, é muito mais fácil se comunicar com o espanhol. Por isso, se você pensa em viajar para cidades menores e interagir muito mais com os locais, vale muito a pena ter um curso básico de espanhol antes da sua viagem.

Encha o seu smartphone de aplicativos úteis para a viagem

Antigamente, todo mundo precisava de um canivete suíço para uma viagem pela natureza. Ele era o instrumento ideal para se virar em qualquer situação. Agora, no entanto, o canivete suíço foi substituído pelo smartphone.

Por ser o aparelho capaz de fazer praticamente tudo para você, o ideal é prepará-lo com todo tipo de aplicativos quando for viajar pela América do Sul. Isso ajudará a pagar contas, reservar hotéis, passagens, atividades, comer e muito mais.

Veja algumas sugestões abaixo:

  • aplicativo de mapas: baixe um bom app que tenha mapas offline para você poder se orientar mesmo quando não tiver conexão;
  • aplicativos turísticos: vários apps contam com seleções de hotéis, restaurantes e atividades turísticas. Isso pode ajudar bastante;
  • Rappi Brasil: você sabia que o Rappi é originário da Colômbia? Pois é. Além do seu país de origem e do Brasil, ele está em vários outros da América do Sul. Com ele, fica mais fácil se alimentar na sua viagem;
  • Paypal: o Paypal pode ser um aliado poderoso na hora de pagar suas compras na América do Sul. Nem todo lugar vai aceitá-lo, claro, mas muitos estabelecimentos em grandes centros permitem usar o app para pagar contas.

Planeje bem o seu roteiro de viagem

Na hora de planejar a sua viagem, lembre-se de tomar bastante cuidado com os detalhes logísticos do seu roteiro. Se você está acostumado com viajar pela Europa, EUA ou Japão, que contam com mais opções de transporte público, entenda que esse cenário não se repete na América do Sul.

Por aqui, é importante se planejar com antecedência para saber como será o transporte do ponto A até o ponto B para evitar ter problemas.

Claro que não é uma bagunça desorganizada como algumas pessoas fazem parecer. Tudo funciona bem. Só é necessário se planejar porque as opções de transporte são reduzidas.

Prefira focar em um país só por mais tempo

Normalmente, as pessoas acabam preferindo viajar para dois ou três países da América do Sul de uma vez. Por exemplo, pega o roteiro Paraguai, Uruguai e Argentina. Ou então Argentina e Chile. Talvez Colômbia, Equador e Peru.

No entanto, pode ser mais vantajoso focar sua viagem em apenas um país. Ou seja: invista um bom tempo em passar por mais tempo em um dos nossos vizinhos. Explore bastante a Argentina ou o Chile, o Uruguai ou Paraguai, antes de passar para outro. Em vez de só rodar pela capital e principais cidades, prefira gastar um pouco mais de tempo em cidades menos badaladas. Isso ajudará a ter maior imersão dentro da cultura e a viagem será mais gostosa.

Escolha a época certa para viajar pela América do Sul

O clima é peça-chave no planejamento de qualquer turista e viajar pela América do Sul não seria diferente. Por isso, o ideal é pesquisar bem qual é a melhor época para o seu passeio.

Normalmente, a alta temporada na maior parte dos países é de dezembro até meados de abril. No entanto, existem algumas exceções. Por exemplo, esse período é de muita chuva na Bolívia e Peru e, portanto, não é muito legal de visitar. No entanto, entre junho, julho e agosto é o melhor momento para ir para Peru e Bolívia, além de destinos de neve como Santiago e Bariloche.

Colômbia e Equador também costumam ser bons nesses meses e mais ruins entre outubro e novembro (que é uma época boa para conhecer a Patagônia).

E aí, ficou com vontade de viajar pela América do Sul? Se você pretende explorar o continente, deixe um comentário abaixo dizendo qual país você mais quer conhecer!

Deixe uma resposta