groenlandia

Groenlândia | Desvendando a terra esquecida

Sabe aquele lugar que você dificilmente lembra que existe? E que, provavelmente só ouviu falar porque jogava War? Então, a Groenlândia podia ser um desses lugares, porém, te garanto que, após ler esse post, você terá mais interesse por essa imensa ilha gelada, que pertence Dinamarca.

A Groenlândia, esquecida por muitos, é uma ilha de busca constante por turistas, que gostam de aventuras, contato direto com a natureza e, especialmente, aqueles que buscam a beleza da Aurora Boreal.

Curiosidade histórica da Groenlândia

Groenlandia
Groenlândia

A Groenlândia foi descoberta no ano de 981, pelos Vikings, enquanto iam em direção a América.

Depois de 4 séculos os Vikings deixaram a Groenlândia, após perdas causadas pela peste negra e depois de serem derrotados pelos Esquimós em batalha.

Em 1378, a Groenlândia passou a ser território Dinamarquês, mas, somente em 1953  conquistou, de forma constitucional, os direitos políticos equivalentes aos demais territórios e reinos da Dinamarca.

Clima da Groenlândia

A Groenlândia deve ser dividida em duas regiões climáticas: A região costeira, que possui um clima mais ameno e pode ser facilmente aproveitado no verão, por estar livre das neves, assim como o interior da ilha, que é coberto de neve, durante todo o ano.

Com um clima ártico, no Norte a temperatura pode chegar no inverno até – 35º C e de verões curtíssimos, chegando apenas ocorrer em pouquíssimos dias durante o ano.

Já no Sul da Groenlândia, a temperatura em julho pode chegar a 20º C.

Como chegar na Groenlândia

A Groenlândia não possui estrada ou trens entre as cidades, por isso, o ideal é que você saiba qual cidade quer conhecer e viaje diretamente para ela.

A rota mais comum para chegar a Groenlândia é através de Reykjavik, localizada na Islândia e de lá deve-se pegar um voo para qualquer cidade da ilha, incluindo a capital Nuuk, que é a maior cidade da região.

Entretanto, se você pretende fazer a trilha do círculo polar ártico, o ideal é que se voe até Kangerlussuaq, através do acesso de avião, saindo de Copenhague.

Já se o visitante quer explorar várias cidades da região, o indicado é que os trajetos sejam feitos através da Air Greenland, ou através de navios que fazem o transporte de passageiros, que saem do lado oeste da ilha. Mas fiquem atentos, esses tipo de transporte náutico somente é realizado durante os meses mais quentes do ano.

O que visitar na Groenlândia?

Separamos alguns locais para serem visitados e vistos, na imensa ilha Dinamarquesa, coberta em sua grande maioria, por gelo.

Museu Nacional da Groenlândia

Localizado na capital, em Nuuk, o museu possui um imenso acervo, e através dele você também poderá conhecer um pouco mais da história do país, bem como conhecer peças muito antigas, desde o início da humanidade, como caiaques e barcos a remo ou, ainda, a rocha mais antiga do mundo, com 3,8 bilhões de anos.

No museu, é possível encontrar múmias de Qilakitsoq, um dos grandes destaques do acervo e uma das atrações mais procuradas. São três mulheres e uma criança de 6 meses, encontradas no século XV, que são expostas usando suas roupas de pele e botas tradicionais.

Parque Nacional do Nordeste da Groenlândia

Conhecido por ser o maior parque nacional do mundo, essa parque possui uma imensa área de 972.000 km², sendo maior que o Egito.

Essa imensa área não poderia deixar de proporcionar paisagens deslumbrantes, bem como uma vasta vida selvagem. No parque, o visitante poderá encontrar, além de enormes Icebergs, animais como morsas gigantes, raposas árticas, ursos polares e outros animais próprios da região.

Scoresby Sund

Conhecido como o maior fiorde do mundo, se estendendo por cerca de 350 km, está área fica na costa oriental da Groenlândia.

Cabe aqui explicar um pouco sobre o termo Fiorde, não é um termo muito usual para nós. Fiorde é uma grande entrada do mar, entre montanhas rochosas, originárias de uma erosão causada pelo gelo de uma glaciar. Além da Groenlândia, podemos ver fiordes na Nova Zelândia, Noruega, Chile.

Ittoqqortoormiit, que fica próximo a foz de Scoresby Sund, é a principal localidade da área. Tratasse de uma cidade pequena, com apenas 537 habitantes, composta por lindas casinhas coloridas, que deixam o cenário ainda mais encantador.

Dificilmente, o visitante não irá se impressionar com a beleza e a grandiosidade de Scoresby Sund.

Geleira Jakobshavn

Também conhecida como geleira Ilulissat, é uma enorme geleira, que fica ao Oeste da Groenlândia, na cidade de Ilulissat.

Dessa geleira, saem cerca de 10% de todos os icebergs da Groenlândia. Os icebergs desta área são tão grandes que podem atingir até 1km de altura.

Uma curiosidade: O iceberg que atingiu o Titanic saiu dessa geleira.

Hvalsey Church

Uma ruína preservada, no meio de uma fazendo de criação de ovelhas, que é originária de uma igreja católica, de estilo anglo-norueguês, construída no início do século XIV. Inclusive, dizem que o último casamento celebrado nesta igreja é datado de setembro de 1408.

Katuaq

É um centro cultural, localizado em Nuuk, que é utilizado para realização de concertos, conferências, exposições e etc. Vale a pena conferir o que vai estar rolando na época da sua viagem, já que são atrações sazonais.

Uunartoq

Localizado ao sul da Groenlândia, Uunartoq é uma pequena ilha, quase intocada, famosa pelas suas fontes termais naturais, onde suas águas possuem uma temperatura de 38ºC que. Este local é aproveitado pelo homem, desde muitos anos atrás, ainda na época em que os Vikings dominavam esse território e utilizavam o local como um spa particular.

Para chegar as duas fontes termais existentes na ilha, você terá que fazer uma trilha, de 10 minutos, por meio de flores silvestres e arbustos.

Chegando no local, o visitante provavelmente ouvirá histórias de pessoas que passavam um período nas fontes para se curarem de problemas de saúde. E há, ainda aqueles que as buscam, exatamente por esta finalidade.

Museu de Arte de Nuuk

Um museu pequeno, de aproximadamente 650 m², localizado no bairro de Kissarneqqortuunnguaq, inaugurado na década de 60, que conta com um acervo de mais de 700 peças, com destaque para as aquarelas e esculturas em pedra sabão e marfim e madeira.

O museu ainda possui uma coleção de mais de 150 pinturas de tinta óleo e quadros de Emanuel A. Pedersen.

Aurora Boreal

Esse fenômeno que habita o imaginário de quase todo ser humano pode ser visto na Groenlândia. A melhor época para observar esse espetáculo da natureza é entre setembro e abril, principalmente no ápice do inverno, onde as noites são mais longas na ilha.

Para quem não sabe, Aurora Boreal é um fenômeno óptico composto de um brilho observado nos céus noturnos nas regiões polares, em decorrência do impacto de partículas de vento solar com a alta atmosfera da Terra, canalizadas pelo campo magnético terrestre.

Além dessas, ainda há muitas curiosidades sobre este curioso e incrível lugar chamado Groenlândia, como sobre sua alimentação, onde um dos principais pratos é de carne de baleia.

Porém o mais importante é se surpreender com as belezas geladas que esta ilha oferece!

Deixe uma resposta